Recordações viram filme

Por Marinha Luiza, blog Wear Sunglasses – 10/9/2013

Há uns 15 anos, era costume de muitas famílias registrar as festinhas, apresentações escolares, passeios e demais eventos em vídeos – muitas vezes engraçados – arquivos em fitas cassete que viraram coleção nas nossas estantes.

Com o avanço tecnológico e a chegada de celulares cada vez mais modernos, os vídeos saíram das fitas para serem arquivados no próprio aparelho ou mesmo serem espalhados na internet.

Mas alguma vez você já pensou em transformar essas pequenas recordações – que rendem boas risadas ou lágrimas quando exibidas, anos depois, em alguma reunião familiar – em um filme?

Foi exatamente o que a diretora Petra Costa fez no belíssimo “Elena”, documentário de 2013 em que a cineasta refaz os passos da irmã mais velha, mesmo nome do filme, quando esta foi para Nova York seguir carreira de atriz.

Para construir o filme, que mais que uma miscelânea de lembranças, é um compartilhamento de memórias transformado em experiência cinematográfica, Petra mistura imagens de arquivo da irmã e imagens atuais da diretora e da mãe nos Estados Unidos.

O resultado é uma produção caprichada, que enche os olhos e faz refletir, não somente sobre as perdas que temos ao longo de nossa história, mas sobre como lidar com a morte de pessoas próximas.

Mais do que a beleza da fotografia, é o diálogo – lírico e poético – com o público que faz com que o documentário agrade e saia da estante para a tela do cinema, majestosamente.

Índice

(345 artigos)