Sobre o Filme Elena

por: Pericles Carvalho – blog Descrições Humanas – 5/7/2013

Precisava desabafar sobre o filme… Não vou fazer uma análise psicológica dele por que ficaria muito chato e até prolixo.

O que posso dizer é que o filme em si de tão expressivo e intenso envolve cada espectador como se expusesse uma nudez afetiva a ponto de sensibilizar profundamente.

Do inicio ao fim, as cenas se esgotam em devaneios, poesias ambivalentes e vivas… É surpreendente como a protagonista Elena, é projetada em todos que a rodeiam, como para a sua irmã que tem nela um parâmetro para tudo, seu Id, seu Superego.

Enfim, é um autêntico filme brasileiro, de um gênero melancólico e romântico… Vale dizer também que seu conteúdo é de pura arte, ou seja, só encontra valor para quem compreende e aprecia a subjetividade emocional. Além do mais não vejo a beleza do filme só pela melancolia que ele trás, mas também pelo que nela representa, um processo de cura se emergindo.

Para a diretora Petra Costa, nota dez pela iniciativa!

Índice

(345 artigos)