Pérolas Indie – Elena (2012)

Por João PintoPortal Cinema – 29/6/2013

É um filme delicado, emotivo e deslumbrante que nos leva numa viagem muito íntima e tocante até à parte mais profunda da mente e infância de Petra Costa, uma jovem realizadora que, ao longo deste documentário especialmente sensível e comovente, faz questão de recordar e honrar a vida e as memórias da sua irmã mais velha que, segundo tudo aquilo que nos é dito ou dado a entender, assumiu um papel preponderante na forma como a jovem documentarista decidiu encarar a sua vida e a sua carreira. Este seu privado e compassivo exercício subjetivo é sempre pautado por uma forte onda de desespero e compaixão, que prova que Petra colocou todo o seu coração e criatividade neste soberbo produto documental que, por ser tão privado e subjetivo, acaba por nos conseguir tocar a um nível pessoal. Para além de mexer com temas e sentimentos muito íntimos e filosóficos, “Elena” conta também com uma linda e arrebatadora vertente estética e técnica, que acrescenta ainda mais profundidade às fortes mensagens de saudade, tristeza e conforto que advêm da sua, já de si, profunda narrativa, que vai sendo magistralmente retratada pelo astuto encadeamento entre sequências filosóficas e sequências factuais. É por tudo isto que é uma experiência fascinante assistir a este íntimo projeto documental, que nos fornece um olhar muito pessoal sobre a perda e a superação pessoal, enquanto nos conta a trágica história verídica de Elena.

Índice

(345 artigos)